domingo, 8 de abril de 2012

IBOPE INDICA SEGUNDO TURNO EM CURITIBA



No levantamento divulgado no sábado,07,

pela rádio CBN de Curitiba,

Fruet (PDT) e Ratinho Junior (PSC)

estão tecnicamente empatados no cenário

que inclui candidaturas simultâneas do PDT e do PT




A eleição para a prefeitura de Curitiba deve ser decidida no segundo turno. Ao menos é o que apontam os números da pesquisa Ibope/CBN divulgada no sábado – a primeira da corrida eleitoral deste ano. Nos três cenários avaliados no levantamento, nenhum dos candidatos alcançaria 51% de intenção de voto se a eleição fosse hoje.


O pré-candidato Gustavo Fruet (PDT) aparece em primeiro lugar em todos os cenários avaliados na pesquisa. Mas, o máximo que ele alcançou foi 37% de intenção de voto no cenário sem o deputado federal Ratinho Junior (PSC). Em um quadro apenas com Fruet, o prefeito Luciano Ducci (PSB) e Ratinho Junior, o pedetista chega a 32% dos votos.

No cenário que também inclui os candidatos Dr. Rosinha (PT), Renata Bueno (PPS) e Rafael Greca (PMDB), Fruet e Ratinho ficam tecnicamente empatados – com o pré-candidato do PDT com 26% de intenção de voto e o do PSC com 24%. A margem de erro da pesquisa é de três pontos porcentuais para mais ou para menos.


O professor de ciência política da Universidade Federal do Paraná (UFPR) Emerson Cervi avalia que os números ainda devem sofrer alterações nos próximos seis meses, mas já é possível prever o segundo turno. “De qualquer forma, está se configurando um segundo turno, especialmente se o Ratinho Jr. se lançar a candidato”, afirma.


Para o professor, cada um dos três principais pré-candidatos até o momento tem fatores para se preocupar. Ducci precisa conquistar votos e não é certo que a inauguração de obras no segundo semestre vá influenciar nisso. “É equívoco achar que o eleitor não sabe quando a intervenção é eleitoreira”, diz. Fruet, por outro lado, depende do apoio do PT para garantir tempo de tevê. Já Ratinho Juinior tem muitos eleitores com renda e escolaridade mais baixa, que tendem a mudar de opinião, de acordo com Cervi.


Avaliação


Fruet comemorou a liderança na pesquisa, que favorece a possível aliança com o PT. No entanto, ele ressaltou que vê os números com cautela. O deputado Dr. Rosinha (PT) alega que os índices de Fruet foram construídos com o apoio do PT, ainda indeciso sobre lançar candidatura própria ou apoiar o pré-candidato do PDT.

Para Ratinho Junior, os bons resultados apresentados até o momento favorecem o partido. “Estamos bem posicionados a 90 dias das convenções e isso é muito bom para motivar os candidatos a vereador, consolidando a candidatura”, diz. Ducci não foi encontrado para comentar o assunto.


Pré-candidato do PMDB, Rafael Greca rechaça a rejeição de 49% apontada na pesquisa. “De dez curitibanos, cinco me hostilizariam, o que não acontece quando vou às ruas”, diz. Renata Bueno (PPS) afirma que sua candidatura é recente e só o fato de ser lembrada já deve ser comemorado.


(Texto do jornalista Vinícius Boreki veiculado no Jornal Gazeta do Povo neste domingo, 08.04.2012)

Nenhum comentário: